Passaram ainda além da Traquitana

A Estátua de Sal

(João Quadros, in Jornal de Negócios, 23/02/2018)

quadros

Tudo leva a concluir que o PSD é um partido aos pedaços. (…) Se alcunharam o actual Governo de Geringonça, o mínimo é dar o nome de Traquitana a este PSD.


O PSD pós-congresso não é um saco de gatos, é um ninho de vespas aziadas. Dos apupos à ex-braço-direito de Marinho Pinto, agora vice-presidente do PSD, passando pela voz não tão grossa, mas grosseira, de Montenegro – que afirmou no congresso: “Não deixe que o PSD se transforme no grupo de amigos de Rui Rio ou na agremiação dos amigos de Rui Rio”, enquanto se preparava para formar um PSD de inimigos de Rui Rio – até à falta de Hugo Soares a uma reunião da Comissão Política, justificada por Rio e absolutamente injustificável segundo o ainda líder da bancada parlamentar, tudo leva a concluir que o PSD é um partido aos…

View original post mais 474 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s