Domingues andou a gozar com o pagode

A Estátua de Sal

(Por Estátua de Sal, 28/11/2016)

domingues1

Afinal o Domingues da CGD bateu com a porta mas, ainda assim, vai entregar as declarações de rendimento e património ao Tribunal Constitucional (Ver notícia aqui). Se era para entregar não se percebe tanta hesitação e o “faz que vai mas não vai”, durante semanas a fio.

Esta novela, cujo enredo acho que ainda está longe de ter terminado, leva-me a questionar se será possível existir um banco público que se queira gerir de acordo com a lógica da banca privada. A lógica da banca privada é a opacidade: o segredo é a alma do negócio. A informação sobre os gestores, sobre o seu património, interesses e idiossincrasias é um ativo importante para a concorrência já que, de certa forma, poderá permitir antever os critérios de decisão que os irão nortear num determinado dossier. Ora, Domingues, sabedor de tudo isso e sendo essa a prática…

View original post mais 930 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s