LEVA-OS…

À Esquerda do Zero

Vai-te, vai-te e leva-os. Leva-os a todos mais as tuas pulgas de bicho sarnento para bem longe. Leva-os e esconde-os no convento para onde vais, mais as tuas pulgas. Para esse ermitério para onde vais, cheio de probembas e sinecuras, com as duas reformas gordas e duras, para te refastelares e para as “cagares” …já que coisas mais de aprender nunca procuraste.

Vai-te, vai-te e não mais voltes, nem que outra vez possas nascer. E leva o teu espólio, esse sujo e seboso espólio, leva essa tua gente toda e recorda. Vais ter tempo de sobra para recordar tudo. Isso mesmo, recorda e não te arrependas, nunca te arrependas pois o arrependimento é coisa dos justos. Não te arrependas e leva-os, leva-os a todos contigo. Leva a Maria e o seu alfaiate e leva quem tu condecoraste. Mas leva-os todos! O convento é grande.

Leva aqueles Pides a quem deste…

View original post mais 844 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s