Qual é o problema com o que disse Paulo Rangel?

A Estátua de Sal

(José Pacheco Pereira, in Sábado, 05/09/2015)

O que Paulo Rangel disse é muito fácil de compreender e faz parte do vale-tudo que os que ainda não perceberam no que estão metidos, continuam a não perceber. Saliente -se que não é novidade nenhuma. Quem leia o Observador e os comentadores pró-governamentais já encontrou o mesmo tipo de argumentação. Começa-se pelo tema muitas vezes subliminar das mudanças: Portugal mudou muito. Depois, passa-se para as pessoas, para definir amigos e inimigos, quem está connosco e quem esta contra nós. É uma prática habitual nas guerras civis e, de novo, os que ainda não perceberam no que estão metidos, também não perceberam. As pessoas separam-se entre os “velhos do Restelo” e os jovens “empreendedores”. Separam-se entre os que não perceberam que “o País é outro”, em primeiro lugar porque não o desejavam – o innuendo é porque ou tem interesses ou beneficiavam do Portugal…

View original post mais 817 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s