Cinco “filmes” para perceber a “guerra” Rui Moreira/TAP

Farrusco

O cenário é um aeroporto. O protagonista é Rui Moreira e no papel de “vilões” aparecem os novos donos da TAP. Na trama entram também galegos. Quem acabará a voar baixinho? É favor apertar os cintos.

Turbulência

Foi em Braga, corria abril do ano passado. À margem de uma visita ao Instituto Ibérico de Nanotecnologia, na companhia do autarca de Braga, Rui Moreira afirmou: “A TAP não é estrutural para o Aeroporto Francisco Sá Carneiro nem para região, nem a região parece ser estrutural para a TAP. Não dramatizo essa situação, é um problema do Governo, não é um problema nosso”. Quase um ano depois e uma mudança de cor política no Executivo nacional, parece que não é bem assim. O presidente da Câmara do Porto acusa a companhia aérea, agora de gestão privada, de querer suprimir ligações aéreas da Invicta para Barcelona, Roma, Milão e Bruxelas, além do voo…

View original post mais 677 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s