RESSUSCITAR AO SÉTIMO MÊS

A Estátua de Sal

José Sócrates       José Sócrates

António Costa, quando questionado sobre o que pensava sobre a hipótese de Sócrates ir para casa com pulseira electrónica, respondeu que não se pronunciava acerca de questões judiciais, já que, segundo ele, deve dar-se “à Justiça o que é da Justiça, à política o que é da política”.

Eu compreendo que o PS se queira demarcar de eventuais ilícitos que José Sócrates tenha cometido na qualidade de Primeiro-Ministro, tendo sido eleito para tal cargo na qualidade de secretário-geral do Partido Socialista.

Mas eu, que nunca fui, nem sou do PS, nem de qualquer outro partido do espectro político, não tenho nenhum incómodo em comentar o tema. Vamos, pois, por partes.

  1. Sócrates encontra-se em prisão preventiva desde Novembro de 2014, já lá vão, portanto sete meses, sem que se vislumbre qualquer acusação.
  2. O inquérito, ao que parece, iniciado já há três anos, continua a marinar.
  3. Os periódicos “amigos” da…

View original post mais 1.229 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s